Skip to content

Joyce Damy Mobley – DIAPAZANDO

10/01/2011

Se, mesmo distante, me sentes…
Sabes que estou a construir estradas,
estrelas cadentes, diapasões e harmonias…
Neste momento não sou poesia; sentes?
Sou encontro e melodias,
Que escrevem canções partidas.
Busco vozes mudas, floridas
e desnudas: coral de vozes consonantes…
Sou começo, não sou fim.
Sou estranha melodia de beleza catanada.
Não sou silêncio: sou soneto em mim,
por vir da canção a ser entoada…
Se mesmo distante me sentes…
Sabes: percorro estrelas,
estradas cadentes,
dia-paz-ando harmonias, sentes?

Abraços de brisas perfumadas,
A-hammm…
Joyce Damy Mobley

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. Rätsel Ewig permalink
    01/04/2011 7:43 pm

    Lindo, perfeito, sensacional!!!!
    São palavras assim que mudam as pessoas ^^
    Um abraço de seu amigo,
    Ewig

  2. 10/01/2011 10:32 pm

    A-hammm…
    Joyce Damy Mobley

  3. Priii permalink
    10/01/2011 8:55 pm

    Hum… maaaaaagnificooo amei

    • 10/01/2011 10:22 pm

      Às vezes eu acerto…
      Beijossssssssssssssssssssss

Trackbacks

  1. Tweets that mention Joyce Damy Mobley – DIAPAZANDO « Joyce Damy Mobley -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: